É sabido que a frequência do ensino superior acarreta um investimento elevado, recorrer a um financiamento poderá ser uma opção para concretizar este desejo, até porque existem créditos específicos para este fim com condições mais atrativas face a outro tipo de créditos com taxas de juro mais baixas e com possibilidade de usufruir de um período de carência enquanto está a estudar. Conheça as opções disponíveis:

Existem dois tipos de créditos para estudantes:

Crédito Pessoal  – cuja finalidade é a educação,  conhecido como crédito pessoal para estudantes  e o crédito para estudantes do ensino superior com garantia mútua. Assim,

O Crédito Pessoal para educação, encontra-se disponível para jovens a partir dos 18 anos, por norma a taxa de juro é mais reduzida, podendo mesmo estar isento de comissões. Configura também outra vantagem como o período de carência (pagando apenas os juros) durante a frequência dos estudos, estendendo-se mesmo (dependendo da entidade bancária),  até à fase em que o  contraente comece a trabalhar, após o término do curso ( salvaguardo sempre determinadas especificidades).

O Crédito com garantia mútua: Destina-se a estudantes do ensino superior, onde o Estado assume o papel de fiador, configurando assim uma vantagem, pois o estudante não tem de apresentar outras garantias. Note que  podem usufruir desta linha de crédito  licenciaturas, mestrados, doutoramentos ou de pós-graduações, desde que realizados em Portugal.

Se gostou partilhe

Contacte o nosso parceiro DS Intermediários de Crédito Viseu Quinta del Rei , aceda aqui.

Deixe um comentário