Todos os custos que pode ter com a renegociação do crédito habitação

Todos os custos que pode ter com a renegociação do crédito habitação

Julho 20, 2020 0 Por admin
Aquando a transferência do crédito habitação, existem custos associados à transferência do crédito habitação que podem ou não ser suportados pela entidade bancária que vai ficar com o seu crédito. Sejam estes suportados ou não pelo banco, deve estar informado antecipadamente sobre estas despesas.
Fazem parte das comissões cobradas:
  • Comissão de reembolso antecipado: Se alguma vez amortizou o seu crédito habitação, já conhece a comissão de reembolso antecipado. Esta comissão também pode ser aplicada numa transferência do crédito habitação. A comissão de reembolso antecipado varia de banco para banco consoante o tipo de taxa do seu crédito. No entanto esta tem o teto máximo de 0,5% para uma taxa variável, e 2% para um crédito com uma taxa fixa.
  • Comissão de abertura: A comissão de abertura pode ser apresentada como comissão de dossier ou comissão de estudos. O custo com esta comissão são referente à análise do seu crédito. Para chegar ao valor final desta comissão, a entidade financeira irá avaliar todos os custos segundo o seu crédito e o valor do seu imóvel. Por isso o valor a pagar é bastante variável.
  • Comissão de avaliação: A comissão de avaliação é relativa à avaliação do seu imóvel. Tal como aconteceu para fazer o seu crédito habitação, também na transferência de crédito as entidades financeiras precisam de saber o valor real do seu imóvel. Esta comissão só é paga uma vez durante o preço e o valor é variável consoante a entidade financeira.
  • Comissão de formalização: Esta comissão por norma é suportada pela maioria dos bancos, no entanto pode acontecer a aplicação da mesma. A comissão de formalização está relacionada com a formalização do seu novo contrato, e tem o objetivo de cobrir os gastos administrativos que ocorrem durante todo o processo de transferência.