Covid-19: Linha de crédito às PME já tem 365 milhões contratados

Julho 20, 2020 0 Por admin
Restaurantes, indústria, empresas turísticas, agências de Viagem e de eventos podem contratar empréstimos através de quatro novas linhas especiais. A linha de crédito Capitalizar 2018-Covid-19, lançada pelo Governo para apoiar a tesouraria das Pequenas e Médias Empresas (PME) afectadas pela crise económica associada à propagação do novo coronavírus, já teve 817 operações de crédito aprovadas, no valor de 365 milhões de euros, anunciou o Ministério da Economia.
Segundo um comunicado emitido nesta quinta-feira pelo gabinete do ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, os empréstimos foram aprovados num período médio de cinco dias.
Esta linha, afirma o Governo, foi a “primeira resposta de apoio à liquidez das empresas” e, entretanto, foram cridas “quatro novas linhas específicas, com uma dotação conjunta de 3000 milhões de euros, destinadas a permitir o financiamento, em melhores condições, das empresas com actividade nos sectores mais afectados pela pandemia”.
Uma das linhas dirige-se às empresas da restauração e similares, outra às empresas do turismo, outra às agências de viagem, animação turística e de organização de eventos, e outra ainda abrange as empresas da indústria.
Para as empresas destinatárias destas quatro novas linhas, explica o Governo, os bancos já “não procederão à aprovação de mais operações no âmbito da Linha de Crédito Capitalizar 2018-Covid-19”, a primeira.